Focado no Palmeiras, Dudu brinca que trocaria férias por convocação

Dudu era um dos cotados para ir para a Copa América, mas Tite preferiu Willian

Foto: Tossiro Neto

O atacante Dudu, do Palmeiras, era um dos cotados para assumir a vaga por Neymar na Seleção Brasileira, mas ele não foi o escolhido de Tite, que optou por Willian, do Chelsea.

Ainda antes da definição, Dudu concedeu uma entrevista coletiva, onde como esperado, foi questionado sobre a expectativa de uma convocação.

“Para mim, é tranquilo. Todo jogador sonha chegar na seleção, defender seu país. Mas eu estou bastante tranquilo, meu foco é o Palmeiras, tenho que estar bem aqui para, se a oportunidade aparecer, a gente estar preparado”, disse Dudu, que completou.

“Não me deixo levar por isso. Tenho que estar focado aqui no Palmeiras, o importante é meu dia a dia, meu treinamento, meu jogo de amanhã, que eu estou mais preocupado. Se for convocado, vou ficar feliz. Se não for, vou continuar trabalhando, como sempre fiz”, completou.

Durante a parada para Copa América, Dudu irá curtir uma espécie de férias com a sua família, em um resort no Nordeste. O jogador foi questionado se trocaria tudo isso por uma convocação para a Seleção Brasileira.

“Na hora, né? Armei (essa viagem) porque a gente tem que se programar antes. Mas se tiver que perder (o dinheiro), a gente perde. Se eles não devolverem, vai ser o primeiro dinheiro que a gente perderia feliz”, respondeu Dudu, aos risos.

A última vez que o atacante foi convocado para a seleção foi em março de 2017, para os jogos contra Uruguai e Paraguai, após Douglas Costa ser cortado. Representando o Palmeiras na Copa América, o único jogador será Gustavo Gómez, atuando pelo Paraguai.

Sem a convocação para a Seleção Brasileira, Dudu entra em campo pelo Palmeiras, diante do Athletico-PR, no sábado (08), às 16h30. O Verdão é o líder do Brasileirão com 16 pontos, mesmo tendo um jogo a menos, já que a partida contra o Botafogo ainda está com a pontuação bloqueada temporariamente.

Leia também

Libertadores de 1999: a América do Sul foi pintada de verde!