Jogador palmeirense ainda sonha com seleção brasileira

Grande destaque do Verdão, atleta recebeu oferta do futebol chinês, mas recusou

Resultado de imagem para Dudu e Bruno Henrique

R$ 1,7 milhões por mês. Essa foi a oferta do time chinês Tianjin Teda ao volante Bruno Henrique no começo do ano, porém, o atleta decidiu ficar no Palmeiras, estendendo o seu vínculo com o clube até 2023.

Um dos grandes motivos do jogador renovar com o Verdão foi para ficar mais perto de um sonho, a seleção brasileira, mas a convocação não veio até então.

“Vou continuar fazendo o meu trabalho aqui, como sempre fiz. Se aparecer uma oportunidade na Seleção, vou ficar muito contente. Mas, se não aparecer, farei meu trabalho, como sempre fiz”, disse o jogador Bruno Henrique à OTB TV.

“O sonho de todo jogador é ir para a Seleção Brasileira. É o auge que se pode chegar. O ano passado foi bem bacana. Estávamos em um momento jogando a Libertadores e a Copa do Brasil e não sei se teria a oportunidade de ir, mas ser lembrado é bom, positivo. Um dos motivos para eu ter ficado é buscar a Seleção Brasileira”, completou o jogador.

Aguardando uma oportunidade, o volante que completa 30 anos em outubro é um dos destaques do Palmeiras, que lidera o Campeonato Brasileiro e está classificado tanto na Copa do Brasil como na Libertadores.

Leia também

Libertadores de 1999: a América do Sul foi pintada de verde!